Setores

Tecnologias limpas

Contacto
Ministry of the Economy
19-21, boulevard Royal
L-2449 Luxembourg
+352 26 20 27 68
Luxembourg EcoInnovation Cluster
c/o Luxinnovation GIE (National Agency for Innovation & Research)
7, rue Alcide de Gasperi
L-1615 Kirchberg Luxembourg
+352 43 62 63 - 651
+352 43 81 20

Veja o site dedicado

O Luxemburgo acolhe cerca de 200 empresas ecológicas, que trabalham com energias renováveis, gestão de resíduos, água e construção ecológica.
Os seus esforços são apoiados por agências públicas e institutos de investigação.
Ao abrigo do Plano de Ação de Tecnologias Limpas do Governo, uma iniciativa privada apoiada pelo Ministério da Economia está a desenvolver uma área dedicada onde as empresas de tecnologia limpa podem estabelecer operações e aceder a serviços e infraestruturas que lhes permitam crescer.
Entre as empresas de tecnologia limpa com sede no Luxemburgo em vias de internacionalização estão a SOLER, que investe em produção de energia eólica e hídrica para consumo interno e exportação, a Epuramat, que se encontra a desenvolver um sistema revolucionário de tratamento de águas residuais, a L.E.E. que vende unidades de biogás na Europa, Ásia e África, a ECRES, que reduz as contas de eletricidade dos clientes com a sua tecnologia LED, a Rotarex, que fornece a China com kits de conversão de gás natural comprimido (GNC) que reduzem a poluição de carros antigos e motociclos, e a Prefalux, cuja tecnologia aquece as habitações dos cientistas no centro de investigação Antártico "Princesa Elisabeth" da Bélgica.
O biogás, o tratamento de águas residuais e a produção de biopolímero estão entre as prioridades nos centros de investigação do país, incluindo:

  • o departamento "Ambiente e Agro-Biotecnologias" do instituto público de investigação Gabriel Lippmann;
  • o CRTE, o centro nacional de recursos para tecnologias ambientais, líderes em análise de ciclo de vida, conceção ecológica, construção ecológica e energias renováveis;
  • o NEOBUILD, o primeiro centro de inovação tecnológica em construção sustentável constituído em 2012 como parceria público-privada;
  • a Naturhome, construtores de casas de elevada qualidade em madeira de baixo consumo energético;
  • a Dezmotec, que fornece motores de micro-cogeração para hotéis no intuito de reduzir a pegada ecológica.